Quando se trata de regiões estéticas, as vantagens do sistema cone-morse são imensas. Geralmente, nestas situações, temos a necessidade de "esconder" totalmente qualquer linha divisória entre o intermediário protético e o implante.
Além disso, a manutenção das papilas com uma distância interimplante, ou entre implante e dente natural, corretas também são essenciais para um resultado estético favorável. Tudo isso é mais facilmente obtido com o sistema cone-morse, do que com o sistema de hexágono externo (implante convencional), pois se colocarmos os implantes de hexágono externo muito dentro do osso, certamente teremos uma saucerização (perda óssea).

A plataforma cone-morse, embora diferente, segue o princípio da plataforma switching, onde o intermediário protético é menor do que a cabeça do implante. Isto permite uma melhor adaptação da prótese no implante. Esta nova configuração permite que, em muitas situações, possa se observar a formação óssea acima do implante e junto ao intermediário protético. Na verdade, o que ocorre é que este tipo de implante exige que a sua colocação seja a nível ósseo ou infra ósseo, pois a conexão protética funciona de uma maneira diferente, permitindo que os implantes sejam colocados em uma posição mais intraóssea.

(49) 9 8892.7493

(49) 3324.0900

Criado por agênciahoppa.com